A Marcha dos Pinguins

   

 

  

 

O documentário retrata a saga dos pingüins imperadores para a procriação da espécie, em um terreno no interior da Antártica, suas dificuldades, superações, perdas e ganhos.

 

 

A Marcha dos Pingüins: Há milhares de anos se repete uma bela e longa jornada ao interior da Antártica. Pingüins saem da segurança do oceano e vão de encontro ao deserto de gelo para a reprodução da espécie. As fêmeas ficam apenas o tempo necessário para a procriação, deixando os machos responsáveis pelo aquecimento e proteção dos ovos. Enquanto isso, as fêmeas fazem uma longa viagem de 200 km para trazer alimentos às novas crias. É uma corrida contra o tempo, já que os jovens pingüins não sobrevivem mais que 48 horas sem alimento.

Anúncios

6 respostas para A Marcha dos Pinguins

  1. Essa realmente é uma equipe de causar inveja! sempre juntos, enfretando tudo por um único objetivo, cada qual com sua tarefa individúal, a percepção dos filhotes de já saber tudo, sem nem mesmo ter feito jornada alguma, instinto, força e dedicação aos filhotes. Cumplicidade e a parceria é de uma beleza sem igual, onde a paciência é importante para aguardar a espera.
    Pryscilla Macedo

  2. Sonia Regina de Oliveira disse:

    É fascinante e emocionante ver como o trabalho em equipe, a união e o pensamento como um todo, são capazes de vencer tantas barreiras. Para este grupo de pinguins, o frio, a fome, a longa jornada, o fato de arriscarem a própria vida para preservação da espécie, nenhum destes obstaculos são forte o bastante para separar um grupo que unidos vencem o inverno e presenciam o espetaculo da vida com o nascimento dos filhotes.

  3. Sonia Regina de Oliveira disse:

    A Marcha dos Pinguins poderia tambem ser chamada As Marchas dos Pinguins, uma vez que os machos e as femeas se revezam em Marchas ao oceano durante todo o periodo em busca de alimento a si próprio e ao filhote. A luta pela sobrevivencia do filhote é ainda maior que a luta pela própria sobrevivencia, pretadores, frio e fome são as principais ameças aos filhotes ainda indefesos, os pais buscam qualquer resto de alimentos que ainda possa ter sobrado dentro de si para alimentar seus filhotes, enquanto as mães correm contra o tempo para chegar com o alimento. Algumas não vencem os obstaculos, alguns filhotes não conseguem esperar. Enfim os filhotes sobreviventes iniciam sua primeira marcha rumo ao oceano, e futuramente realizaram novamente esta marcha para preservação da espécie.

  4. Sonia Regina Andrade Maximo disse:

    O filme “A Marcha dos Pinguins” mostra como nós seres humanos, somos dependente de um grupo, e precisamos um do outro para ter uma boa convivência.
    Também devemos ter regras, para saber até onde podemos chegar.

  5. Claudia Magalhães disse:

    Excelente..grande lição de vida!
    Toda aquele companherismo e trabalho em equipe.Todos unidos, sempre um coperando e trabalhando em equipe.
    Todos lutando pela sobrevivência.

    Claudia

  6. Chrisiane Aparecida da Silva Nali disse:

    ainda não tive oportunidade de ver, mas pelos comentarios ele retrata o trabalho em equipe para a procriação da espécie, em um terreno no interior da Antártica, onde mostra suas dificuldades, superações, perdas e ganhos. poderimos ter isto como uma lição de vida e deixar de reclamar das dificuldade, procurando sempre fazer o melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s